Definindo a prioridade das histórias utilizando o quadro Esforço x Valor

Suponha o seguinte cenário: você enquanto dono do produto já definiu um conjunto razoável de histórias para compor o backlog do produto, e agora deseja priorizá-las. A análise Kano (conforme o post “Como saber quais são as histórias mais prioritárias?“) é uma ferramenta interessante de priorização quando não se tem em mãos uma estimativa de complexidade das histórias, e a priorização é feita do ponto de vista apenas da satisfação dos usuários do produto. Agora suponha que você já possui alguma ideia do esforço de desenvolvimento das histórias. Uma outra ferramenta útil e muito simples de priorização é o quadro Esforço x Valor.

Ela funciona da seguinte maneira:

  1. Construa um quadro com quatro quadrantes (conforme figura abaixo).
  2. Disponha cada uma das histórias de acordo com o valor e esforço de desenvolvimento de maneira ordenada, da seguinte forma:
    • Primeiramente, ordene as histórias no sentido de valor que o seu desenvolvimento gerará ao produto.
    • Posteriormente, ordene as histórias conforme o seu esforço de desenvolvimento.
  3. Desenvolva as histórias conforme a prioridade indicada.

valorXesforco

Vamos a um exemplo de utilização da abordagem. Suponha que eu queira desenvolver uma loja virtual de livros, e tenha em meu backlog as seguintes histórias:

backlog1

Agora é a vez de indicar uma nota (de 0 à 10) para cada história do backlog, do ponto de vista de valor para o produto, sendo 10 aquela história que tem mais valor e 0 aquela que não tem valor. Uma sugestão é utilizar uma comparação pareada, ou seja, a “história x em relação à história y possui mais ou menos valor para o produto?”.

Para o nosso exemplo, suponha que eu tenha atribuído as seguintes notas:

backlog2

Agora, suponha que eu tenha algum entendimento de desenvolvimento (implementação, testes etc.), e que eu seja capaz de estimar o esforço (também de 0 à 10) para cada uma das histórias. Perceba que o objetivo aqui é definir o esforço relativo (uma história em relação à outra).

Para o nosso exemplo, suponha que eu tenha atribuído as seguintes notas:

backlog3

Agora já podemos dispor os Ids das histórias em nosso quadro, que deverá ficar assim:

quadroIDS

Agora basta ordenar, novamente por valor e esforço, cada história dentro de sua prioridade. Quanto mais à esquerda e acima uma história estiver, mais prioridade ela terá.

Dessa forma, podemos priorizar o nosso backlog do produto da seguinte forma:

backlog4

As histórias 1 e 7 estão empatadas nos critérios escolhidos, então fica a cargo do time de desenvolvimento, juntamente com o dono do produto, definir qual será desenvolvida primeiro. Perceba que a técnica é simples e foi capaz de gerar as prioridades entre as histórias e a prioridade das histórias dentro de um mesmo nível de prioridade.

Esperamos que você tenha gostado. Dúvidas ou sugestões, basta entrar em contato que responderemos. Até o próximo post!

 

Por Leonardo Tavares
Colaborador do Synergia