Aurus

A Secretaria de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag-MG) tinha o objetivo de adquirir uma solução que oferecesse recursos de gestão de processos integrada com gestão de documentos, e que fosse aplicável a todos os Órgãos e Entidades do Estado de Minas Gerais. Por conta de sua complexidade e importância para o Estado, o Laboratório Synergia foi contactado para prover o devido apoio técnico ao projeto, de forma a especificar um sistema extremamente abrangente que pudesse cuidar de toda a tramitação e gestão de documentos no Estado de Minas Gerais.

O projeto foi executado por meio de uma cooperação entre o Synergia do Departamento de Ciência da Computação e a Escola de Ciência da Informação da UFMG.

A primeira etapa, realizada em 2006, consistiu na modelagem de negócio dos processos referentes à aposentadoria dos servidores do Estado. O processo foi escolhido por representar um dos maiores desafios no que se refere à gestão de documentos e processos de negócio.

A modelagem de negócio foi concluída em setembro de 2006 e seu resultado foi usado para a elaboração da Especificação de Requisitos do Sistema, segunda etapa do projeto que foi concluída em janeiro de 2007.

A partir dos requisitos especificados, o Synergia e a Seplag-MG realizaram uma prospecção de mercado, concluindo que havia soluções comerciais disponíveis que atenderiam a esses requisitos. Dessa forma, o Estado optou por iniciar um processo licitatório para adquirir uma solução de mercado que viabilizasse a proposta do Aurus.

O Synergia elaborou a parte do edital de licitação referente aos requisitos técnicos e auxiliou a Seplag-MG na avaliação e classificação das propostas recebidas pelos fornecedores. Também prestou consultoria para responder aos questionamentos de teor mais técnico apresentados pelos fornecedores.

Por seu caráter pioneiro e inovador, o Aurus foi selecionado em 2008 como um dos 12 finalistas do 11º Prêmio CONIP de Excelência em Inovação na Gestão Pública.